Hoje é Sábado, 24 Jun 2017
Você esta aqui:    
CURSO SINDIFAR PDF Imprimir E-mail
WORKSHOP PROTOCOLIZAÇÃO ELETRÔNICA DE DOCUMENTOS - ANVISA
Evento Gratuito
 
Objetivos: Mostrar os benefícios que os métodos de editoração eletrônica solicitados pela ANVISA podem trazer para otimizar e agilizar a análise dos documentos por parte da Anvisa (RDC 86/2016, IN 08/2016 e RDC 162/2017). Bem como, demonstrar com abordagem didática e exemplos práticos as vantagens da organização das informações processuais das empresas cumprindo as determinações da agência reguladora.
 
 
Envie a Ficha de inscrição preenchida para Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
 
 
 
 
Dia 26/06: Workshop Anvisa e Entidades sobre IFAs PDF Imprimir E-mail
Questões como registro, pós-registro e harmonização com normas internacionais relacionadas aos Insumos Farmacêuticos Ativos - IFAs  serão discutidas pela Anvisa com as entidades representativas das indústrias farmacêutica e farmoquímica no próximo dia 26/06, no auditório da Agência, em Brasília.
O workshop contará com a participação de técnicos da Coordenação de Insumos Farmacêuticos Ativos - COIFA e da Gerência-Geral de Medicamentos e Produtos Biológicos - GGMED.
O encontro está sendo coordenado por Sindusfarma e Anvisa, em conjunto com Abifina, Abifisa, Abimip, Abiquifi, Abrifar, Alanac, GrupoFarmaBrasil, Interfarma, PróGenéricos, Sindifar, Sindifargo e Sinfar-RJ.
Clique aqui para mais informações e inscrições
 
CDEICS aprova inclusão de medicamentos vencidos na Política Nacional de Resíduos Sólidos PDF Imprimir E-mail
A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio da Câmara dos Deputados aprovou a inclusão de resíduos de medicamentos em desuso ou impróprios para o consumo, provenientes de domicílios, em suas respectivas embalagens primárias.
O texto substitutivo ao PL 2121/2011, elaborado pelo Deputado Lucas Vergílio (SD/GO), é fruto de entendimentos com a indústria de medicamentos e estabelece, de forma expressa, a responsabilidade de todos os componentes das cadeias de produção e comercialização sobre os custos associados à implantação do sistema de logística reversa. A CNI defende a integridade da política nacional de resíduos sólidos, contudo apoiou o entendimento entre o setor farmacêutico e o relator da matéria como alternativa para o impasse gerado na negociação do acordo setorial, com a recusa de participação de seguimentos da cadeia de comercialização dos produtos.
A proposição segue para a análise da Comissão de Seguridade Social e Família - CSSF, e completam sua tramitação, em caráter conclusivo, as Comissões de Meio Ambiente - CMADS e de Constituição e Justiça - CCJC.
 
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 70